Tudo o que você precisa saber sobre preenchimento facial

O preenchimento facial é um dos procedimentos mais pedidos nos consultórios e clínicas de estética. Feito com vários produtos, ele pode preencher rugas e sulcos, além de melhorar o contorno do rosto, suavizar marcas de expressão e até mesmo dar volume aos lábios.

Seus efeitos, porém, não são permanentes. Por isso, o cirurgião plástico deve ser bastante criterioso e escolher o tratamento mais adequado.

Conheça as opções disponíveis, a seguir.

Tipos de preenchimento facial

Como dito anteriormente, existem no mercado diversas substâncias que podem ser utilizadas no preenchimento facial. Cada uma oferecerá um benefício diferente. As principais delas são explicadas, a seguir.

Ácido retinóico

Utilizado para desinchar a pele, o ácido também pode ser utilizado para preencher linhas finas ao redor dos olhos, além de melhorar o aspecto de pálpebras caídas e olheiras profundas.

Ácido polilático

É um material sintético que promove a estimulação do colágeno do próprio organismo. Oferece bons resultados nas partes inferiores do rosto, ao preencher as linhas causadas pelo riso, além de preencher os lábios e os sulcos nasolabiais, deixando-os mais marcados e profundos.

Hidroxiapatita de cálcio

Além do efeito de preenchimento imediato, estimula a produção natural de colágeno e, com isso, a pele recupera a firmeza e a elasticidade. É muito utilizado no rejuvenescimento facial e é a principal escolha para o rejuvenescimento das mãos. Os resultados duram em torno de 2 anos.

A duração e os resultados dependem do tipo de preenchimento feito. O tratamento com ácido hialurônico, por exemplo, tem duração média de 9 a 24 meses, dependendo da faixa etária e do se estilo de vida do paciente. Já o tratamento com a toxina botulínica, geralmente, tem duração de 6 meses.

Normalmente, não existem contraindicações para o tratamento, mas, o ideal é realizar uma avaliação com um profissional, antes de escolher pelo preenchimento facial.

Portadores de doenças autoimunes ou imunossupressoras, mulheres grávidas ou lactantes devem alertar o médico sobre essas condições.

Cuidados após o preenchimento facial

Mesmo sendo um procedimento simples, é preciso tomar alguns cuidados após a realização do preenchimento facial. Após a aplicação, podem surgir pequenos hematomas, vermelhidão e inchaço, que podem ser controlados com compressas frias.

É importante reforçar o uso do protetor solar após o procedimento. O produto é essencial para proteger o rosto dos efeitos da radiação solar, que podem causar o fotoenvelhecimento.

O cirurgião também poderá indicar o uso de antioxidantes. Além de potencializar a ação do filtro solar e proteger a pele contra os danos causados pela poluição, essas substâncias neutralizam os radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento da pele e pela formação de rugas.

Outro cuidado diário é o uso de hidratantes faciais. A hidratação preserva o colágeno e a elastina, responsáveis pela estrutura e firmeza da pele, prevenindo o surgimento das rugas. Vale lembrar que esses cuidados não se restringem a pacientes que fizeram o preenchimento facial: esses cuidados devem ser tomados por todos!

Compartilhe esse conteúdo:

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
X
Threads

Conheça nossos Projetos Especiais

Leia também:

Agende sua Consulta